Home»REGIÃO»Capital»Incêndio destrói um terço de favela na zona oeste

Incêndio destrói um terço de favela na zona oeste

Fogo consumiu 92 barracos e deixou 280 pessoas desabrigadas 

Da Redação

Bombeiros fazem o trabalho de rescaldo na favela do Areão (Foto: Marcelo Camargo / ABr)

Um incêndio ocorrido na última sexta-feira, 17, na favela do Areão, zona oeste, destruiu 92 barracos, um terço da comunidade, e deixou  280 pessoas desabrigadas. A favela está localizada nas proximidades da Ponte dos Remédios.

Segundo o coordenador do 4º Agrupamento do Corpo de Bombeiros, major Sílvio Antão Fernandes, o fogo teve início às 15h30 e foi controlado às 16h50. Foram utilizadas dez viaturas, com 35 bombeiros, para combater as chamas.

De acordo com Jair Paca, coronel da defesa civil, moradores relataram que o fogo pode ter começado na casa de um morador que tinha o hábito de esquentar comida queimando madeira e papelão. Paca informou que os desabrigados estão sendo cadastrados e devem ser encaminhados para alojamentos da Prefeitura.

O morador Antônio Luiz Santos, de 58 anos, disse que percebeu o incêndio quando sentiu um forte cheiro de queimado e os gritos dos vizinhos. Em seguida deixou a sua casa sem pegar nada. “Na hora não pensei em nada, só acordei a minha filha e fomos para a rua. Por sorte o fogo não destruiu a nossa casa”, afirmou.

Aparecido Aurélio Silva, morador há doze anos da favela, teve a casa destruída pelo fogo, porém não pensa em deixar o local. “Não vou sair. Hoje vou dormir onde era minha casa, e amanhã começo a construir de novo”, declarou.

Com informações da Agência Brasil

Leia também:

Mais um incêndio em favela deixa 400 desabrigados. Enquanto isso, CPI chegará ao fim sem ter ouvido ninguém…

Prefeitura de São Paulo não tem solução para desabrigados da favela Humaitá

Comentários

Comentários

Adolescentes fogem de duas unidades da Fundação Casa

São Paulo: Horário eleitoral deve ajudar a definir o 1º turno