Home»Sem categoria»Projeto de lei proíbe consumo de bebida alcoólica em áreas públicas de São Paulo

Projeto de lei proíbe consumo de bebida alcoólica em áreas públicas de São Paulo

Se aprovada, nova lei deve causar polêmica entre a população

Por Igor Carvalho

Deputado quer proibir o consumo de bebidas nas ruas, praças, praias e estádios (Foto: Flickr/R.Motti)

O deputado estadual Campos Machado (PTB) apresentou uma proposta que pode ser debatida ainda nesta semana, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). O Projeto de Lei 767 proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em ambientes públicos em todo o Estado. Se aprovada na Alesp, a lei ainda precisará ser sancionada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB).

A proposta é polêmica e deve mexer com hábitos culturais dos paulistas, se aprovada. Com a proibição, tomar uma cerveja na praia ou na porta do estádio, por exemplo, seria algo impensável. Outra determinação do projeto é em relação ao porte de bebidas nas ruas, só permitido com embalagens que escondam o rótulo.

Campos Machado já tem procurado outros parlamentares para conseguir apoio. Ele mandou cartas para senadores e deputados de diversas partes do Brasil.  De acordo com o projeto, quem descumprir as determinações poderá ser punido civil e criminalmente. A proposta prevê ainda multa para estabelecimentos ou empresas. Em caso de reincidência, será cassada a inscrição no cadastro de contribuinte do ICMS.

Veja também:

O Povo Fala: Lei anti-álcool

 

Comentários

Comentários

  • lucas

    so pode ser piada ! esse deputado nunca mais sera eleito ! sao paulo virando a cidade mais chata do pais !

  • Hiro

    É isso q esse governo há 20 anos no poder faz: nada. Só reacionarismos.
    SP com esse governo deixou de ser moderno. Virou ultraconservador, reacionário.
    Como seria nas cidades da Alemanha onde cidadãos tomam canecas de 1 litro logo de manhã em praças de bares? E em Paris, nos calçadões? Milão?
    Isso demonstra cabalmente a incapacidade tucana de governar um Estado moderno, constitucional e progressista.

  • Evandro

    que falta doque fazer hein Sr deputadinho de [email protected]!!! pq vcs n vão pensar em projetos para o bem estar da população?? segurança, saúde, transporte…agora pra fud3r a população, ai sim, o sr vem né?

  • pedro alessandro

    E o pior,este sujeitinho aí foi o mesmo que presidiu o conselho de ética que investigava a denúncia de vendas de emendas parlamentares na ALESP,e que na maior cara de pau arquivou o processo,falso moralista,hipócrita!

Aqui é trabalho e Titebilidade. Dois chatos, isso sim

Santos supera ex-invicto na volta da Vila (visão santista)